Politica de Privacidade
Sector Interactivo

Com esta Declaração de Compromisso, queremos tornar claro e explícito  o nosso comprometimento para com a privacidade, segurança e proteção de dados pessoais de candidatos a ofertas de emprego, colaboradores e formandos da Sector Interactivo, clientes, fornecedores e parceiros que cooperam com esta entidade, bem como dados pessoais de clientes e potenciais clientes de empresas de telecomunicações assegurando que todos os que tratam dados pessoais em nome da Sector Interactivo subscrevem e atuam de acordo com os princípios que lhe estão subjacentes.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DE DADOS PESSOAIS


A Sector Interactivo assume o compromisso de assegurar diariamente os melhores níveis de proteção da privacidade de dados pessoais respeitando a legislação e todos os normativos e orientações nacionais e europeias aplicáveis ao seu tratamento.

O cumprimento das políticas e normas em matéria de segurança de informação e proteção dos dados pessoais é sujeito a análise, auditorias e controlos, sendo ainda complementado por um contínuo plano de formação dos colaboradores e formandos da Sector Interactivo.

Esta política de privacidade aplica-se aos nossos candidatos a oportunidades de emprego, colaboradores, formandos, parceiros, clientes e fornecedores, e fornece um enquadramento de entendimento acerca dos dados pessoais recolhidos pela Sector Interactivo, “Responsável pelo Tratamento” dos dados pessoais recolhidos], conforme exigido por lei, incluindo as disposições do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016 – doravante designado RGPD.




RESPONSÁVEL PELO TRATAMENTO


O Responsável pelo Tratamento é a Sector Interactivo - Prestação De Serviços Em Telecomunicações Lda., entidade com sede na Rua Fernandes Tomás, nº.506/508 loja 114, 4000-211 Porto e NIPC 507394909.




FINALIDADE DO TRATAMENTO DOS DADOS RECOLHIDOS


O tratamento de dados é realizado com base em fundamentos jurídicos adequados, que podem enquadrar-se em várias categorias, incluindo:

  • Consentimento expresso do titular dos dados [quando exigido pela lei aplicável];
  • Execução de um contrato [p. ex., tratamento de dados pessoais de colaboradores e formandos para garantir pagamento de salários e impostos, gestão de benefícios de colaborador];
  • Obrigação legal [p. ex., comunicação de informação às entidades judiciais e reguladoras]
  • Interesse legítimo do Responsável pelo Tratamento [p. ex., dados pessoais facultados pelos candidatos a ofertas de emprego da Sector Interactivo através da Ficha de Candidatura].

DADOS DO CANDIDATO

A finalidade da recolha dos dados pessoais constantes na ficha de candidatura tem por base o interesse legitimo do candidato (titular dos dados) e pretende sintetizar informação relevante para análise, realização de entrevista presencial e potencial seleção dos candidatos a ofertas de emprego da Sector Interactivo.

A recolha dos dados pessoais do candidato pretende também criar uma base de dados com o intuito de:

  • Permitir a recandidatura a novas ofertas de emprego da Sector Interactivo
  • Analisar estatisticamente a base de dados de candidatos a emprego;
  • Analisar tendências em relação às práticas de contratação.

No âmbito desta finalidade, recolhemos um conjunto de dados pessoais, nomeadamente:

  • Dados pessoais disponibilizados pelo titular dos dados na ficha de candidatura [recolhidos presencialmente antes da entrevista]
    • Nome
    • Data de nascimento
    • Idade
    • Estado Civil
    • Número Telefone e/ou Número de Telemóvel
    • Nacionalidade
    • Naturalidade
    • Morada
    • Número de carta de condução
    • Nacionalidade
    • Número de identificação fiscal
    • Número de identificação
    • Número de Segurança Social
    • Endereço de e-mail
    • Situação profissional atual
    • Experiência profissional
  • Dados disponibilizados diretamente pelo candidato (titular dos dados) através do Currículo Vitae.

A recolha destes dados é realizada através dos seguintes meios:

  • Indicação de colaboradores da Sector Interactivo [nestes casos o Responsável pelo Tratamento assume que a outra pessoa (candidato) já deu o seu prévio consentimento para tal comunicação];
  • Formulário de contacto no nosso Site (http://www.sectorinteractivo.pt/contactos);
  • Candidaturas espontâneas através de telefone e fax, website e redes sociais e e-mail da Sector Interactivo;
  • Websites de recrutamento e anúncios de emprego;
  • Ações externas de recrutamento.

DADOS DO COLABORADORES E FORMANDOS

A finalidade da recolha, armazenamento e tratamento de dados pessoais de colaboradores e formandos da Sector Interactivo é licito ao abrigo da execução do contrato de trabalho ou de formação assinado entre ambas as partes (Sector Interactivo – enquanto entidade empregadora/formadora – e colaborador/formando).

No âmbito desta finalidade, a Sector Interactivo recolhe uma seleção de dados pessoais, nomeadamente:

  • Nome
  • Morada
  • Número Telefone e/ou Número de Telemóvel
  • Endereço de e-mail
  • Nacionalidade
  • Género
  • Experiência profissional e académica,
  • Número de identificação fiscal,
  • Número de identificação,
  • Número de Segurança Social
  • Data de nascimento
  • Número de carta de condução
  • Experiência profissional
  • Situação profissional
  • Informações de localização geográfica, em quaisquer situações de viagem, trabalho ou residência
  • Eventos e ações “de” ou “com” uma pessoa (ex.: logins de acesso a computador)
  • Gastos, compras, aquisições, preferências e perfis
  • Físicas, fisiológicas e/ou genéticas (ex. dados biométricos - impressão digital e reconhecimento facial para acesso às instalações da Sector Interactivo; Fotografia para personalização da APP – Sector Interactivo)
  • Ficha de aptidão médica
  • Informações bancárias – número de identificação bancário ou IBAN

DADOS DE PARCEIROS, CLIENTES E FORNECEDORES

A finalidade da recolha, armazenamento e tratamento de dados de parceiros clientes e fornecedores da Sector Interactivo está associada à execução do contrato assinado entre as partes.

Enquanto Responsável pelo Tratamento, a Sector Interactivo recolhe e usa os dados pessoais recolhidos, para os seguintes fins:

  • Fornecer soluções de emprego e relacionar pessoas aos empregos;
  • Processar pagamentos;
  • Gerir as relações com clientes, parceiros e fornecedores;
  • Responder a perguntas e reclamações de indivíduos.

DADOS DE CLIENTES E POTENCIAIS CLIENTES DE OPERADORAS DE TELECOMUNICAÇÕES

A finalidade da recolha, armazenamento e tratamento de dados de potenciais clientes de operadoras de telecomunicações está associada à execução do contrato [ativação de serviço, faturação e cobrança, gestão de reclamações e avarias, gestão contabilística, fiscal e administrativa] e Interesse legítimo [melhoria da qualidade de serviço] dos titulares dos dados recolhidos presencialmente.

Enquanto Subcontratante, a Sector Interactivo recolhe e armazena e trata os seguintes dados pessoais:

  • Dados base
    • Identificação
    • Contactos
    • Morada
  • Dados da Relação Contratual
    • Dados de Serviço;
    • Dados de registo de contacto, informações e pedidos;
    • Dados de reclamações e avarias;
    • Dados de venda;
    • Comunicações do operador de telecomunicações ao cliente;
    • Contratos, acordos e outros documentos do titular dos dados;
    • Dados de pagamentos e de transações comerciais com a operadora de telecomunicações;
    • Documentos contabilísticos e fiscais;
    • Dados de risco e crédito.




TRATAMENTO E PROTEÇÃO DE INFORMAÇÕES PESSOAIS


O tratamento dos dados pessoais recolhidos - para os fins acima definidos e por um período de tempo específico – é realizado por meio automatizado através de uma ferramenta interna de gestão – APP Sector Interactivo.

Nos casos de dados de clientes e potenciais clientes de operadoras de telecomunicações, o tratamento seu é efetuado através da APP Sector Interactivo e das ferramentas disponibilizadas pelo operador de telecomunicações [Responsável pelo Tratamento destes dados pessoais]

O acesso a estas ferramentas é restrito por níveis para cumprir o principio da minimização de dados (Artigo 5º c do RGPD). Acresce ainda são mantidas normas administrativas, técnicas e físicas destinadas a proteger os dados pessoais que nos são fornecidos contra a destruição, perda, alteração, acesso, divulgação ou uso acidental, ilegal ou não autorizado.

A fim de garantir a segurança e a confidencialidade dos dados pessoais, são aplicadas as seguintes medidas de segurança informática:

  • Controlo de autenticação de utilizadores;
  • Forte infraestrutura de rede;
  • Soluções de monitorização de rede;
  • Encriptação na camada de acesso e utilização de dados;
  • Transmissão por túneis encriptados de todos os dados transmitidos (SSL);
  • Sistema seguro de autenticação e autorização (ACL);
  • Monitorização através de logs de interações efetuadas com o sistema;
  • Servidores localizados em infraestruturas seguras e certificadas (OVH);
  • Sistema de notificações e mitigações de tentativas de acesso não autorizadas.




TEMPO DE ARMAZENAMENTO DOS DADOS PESSOAIS


O armazenamento interno dos dados pessoais de colaboradores, formandos, candidatos, clientes, fornecedores e parceiros bem como de clientes e potenciais clientes de operadoras de telecomunicações é determinado por um período de tempo específico e determinado (“limitação da conservação”).

DADOS DE CANDIDATOS

O armazenamento de dados pessoais de candidatos a vagas de empresa da Sector Interactivo será mantido num período de dois anos. Após este período de tempo, todos os dados pessoais (em formato físico e digital) serão eliminados e destruídos.

DADOS DE COLABORADORES E FORMANDOS

O armazenamento de dados de colaboradores/ formandos será mantido durante a vigência do contrato e por cinco anos apos a cessação do mesmo. Após este período de tempo, todos os dados pessoais (em formato físico e digital) serão eliminados e destruídos.

DADOS DE PARCEIROS, CLIENTES, FORNECEDORES E POTENCIAIS

O armazenamento de dados de parceiros, clientes e fornecedores será mantido durante a vigência do contrato e por vinte anos apos a cessação do mesmo. Após este período de tempo, todos os dados pessoais (em formato físico e digital) serão eliminados e destruídos.

DADOS DE CLIENTES E POTENCIAIS CLIENTES DE OPERADORAS DE TELECOMUNICAÇÕES

O armazenamento de dados de clientes de operadores será mantido pelo prazo necessário à prestação de serviços aos mesmos. Após este período de tempo, todos os dados pessoais (em formato físico e digital) serão eliminados e destruídos.




DIREITOS DOS TITULARES DE DADOS


De acordo com o Art 15º a 22º do RGPD, os titulares dos dados poderão exercer, a qualquer momento, os seguintes direitos:

  • Direito de acesso à informação

O titular dos dados pode obter a confirmação de que os seus Dados Pessoais são ou não objeto de tratamento e em que condições. O titular dos dados tem o direito de receber do responsável que trata os dados, em formato digital de uso corrente e leitura automática, os Dados Pessoais que lhe tenham sido fornecidos bem como a respetiva informação acerca das finalidades do tratamento ou dos prazos de conservação desses dados.

  • Direito à retificação

O titular dos dados pode pedir a alteração dos seus dados pessoais, caso estes estejam incorretos ou incompletos.

  • Direito ao apagamento

O titular dos dados pode requerer o apagamento dos seus dados pessoais, desde que não se verifiquem imposições legais para a sua conservação.

  • Direito à restrição/limitação do tratamento

O titular dos dados pode pedir a limitação do tratamento dos seus dados pessoais, sob a forma de suspensão do tratamento ou limitação do âmbito do tratamento a certas categorias de dados ou finalidades de tratamento.

  • Direito à portabilidade

O titular dos dados tem o direito de solicitar a transmissão/portabilidade dos seus Dados Pessoais para outra entidade que passe a ser responsável pelo tratamento desses Dados.

  • Direito à oposição

O titular dos dados pode opor-se ou retirar o consentimento que deu anteriormente a um tratamento dos seus dados pessoais.

  • Direito a não ser sujeito a uma tomada de decisão individual automatizada

O titular dos dados pode pedir para não ficar sujeito a nenhuma decisão tomada exclusivamente com base no tratamento automático.

Pode exercer estes direitos por escrito, através do formulário disponível no nosso site.




ATUALIZAÇÕES À NOSSA POLÍTICA DE PRIVACIDADE


A Política de Privacidade de Dados da Sector Interactivo, incluindo quaisquer aditamentos a esta, poderá ser revista e alterada de acordo com as novas obrigações definidas pelo RGPD para refletir as alterações nas nossas práticas de privacidade. As atualizações a esta política estarão disponíveis no website da empresa.




CONTACTOS


Se tiver dúvidas ou sugestões relativamente à nossa Política de Privacidade, ou se quiser exercer qualquer um dos seus direitos, por favor contate-nos através do nosso Encarregado da Proteção de Dados pelos seguintes meios:

dpo@sectorinteractivo.pt

Centro Comercial La Vie

Rua de Fernandes Tomás 506-508, lojas 114 a 116

4000-211 Porto

Telefone: 220 142 366




VEJA AQUI A NOSSA POLÍTICA DE PRIVACIDADE COMPLETA


POLÍTICA DE PRIVACIDADE DE DADOS PESSOAIS

A Sector Interactivo assume o compromisso de assegurar diariamente os melhores níveis de proteção da privacidade de dados pessoais respeitando a legislação e todos os normativos e orientações nacionais e europeias aplicáveis ao seu tratamento.

O cumprimento das políticas e normas em matéria de segurança de informação e proteção dos dados pessoais é sujeito a análise, auditorias e controlos, sendo ainda complementado por um contínuo plano de formação dos colaboradores e formandos da Sector Interactivo.

Esta política de privacidade aplica-se aos nossos candidatos a oportunidades de emprego, colaboradores, formandos, parceiros, clientes e fornecedores, e fornece um enquadramento de entendimento acerca dos dados pessoais recolhidos pela Sector Interactivo, “Responsável pelo Tratamento” dos dados pessoais recolhidos], conforme exigido por lei, incluindo as disposições do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016 – doravante designado RGPD.

RESPONSÁVEL PELO TRATAMENTO

O Responsável pelo Tratamento é a Sector Interactivo - Prestação De Serviços Em Telecomunicações Lda., entidade com sede na Rua Fernandes Tomás, nº.506/508 loja 114, 4000-211 Porto e NIPC 507394909.


TRATAMENTO E FINALIDADE DOS DADOS RECOLHIDOS

O tratamento de dados é realizado com base em fundamentos jurídicos adequados, que podem enquadrar-se em várias categorias, incluindo:

  • Consentimento expresso do titular dos dados [quando exigido pela lei aplicável];
  • Execução de um contrato [p. ex., tratamento de dados pessoais de colaboradores e formandos para garantir pagamento de salários e impostos, gestão de benefícios de colaborador];
  • Obrigação legal [p. ex., comunicação de informação às entidades judiciais e reguladoras]
  • Interesse legítimo do Responsável pelo Tratamento [p. ex., dados pessoais facultados pelos candidatos a ofertas de emprego da Sector Interactivo através da Ficha de Candidatura].

DADOS DO CANDIDATO

A finalidade da recolha dos dados pessoais constantes na ficha de candidatura tem por base o interesse legitimo do candidato (titular dos dados) e pretende sintetizar informação relevante para análise, realização de entrevista presencial e potencial seleção dos candidatos a ofertas de emprego da Sector Interactivo.

A recolha dos dados pessoais do candidato pretende também criar uma base de dados com o intuito de:

  • Permitir a recandidatura a novas ofertas de emprego da Sector Interactivo
  • Analisar estatisticamente a base de dados de candidatos a emprego;
  • Analisar tendências em relação às práticas de contratação.

No âmbito desta finalidade, recolhemos um conjunto de dados pessoais, nomeadamente:

  • Dados pessoais disponibilizados pelo titular dos dados na ficha de candidatura [recolhidos presencialmente antes da entrevista]
    • Nome
    • Data de nascimento
    • Idade
    • Estado Civil
    • Número Telefone e/ou Número de Telemóvel
    • Nacionalidade
    • Naturalidade
    • Morada
    • Número de carta de condução
    • Nacionalidade
    • Número de identificação fiscal
    • Número de identificação
    • Número de Segurança Social
    • Endereço de e-mail
    • Situação profissional atual
    • Experiência profissional
  • Dados disponibilizados diretamente pelo candidato (titular dos dados) através do Currículo Vitae.

A recolha destes dados é realizada através dos seguintes meios:

  • Indicação de colaboradores da Sector Interactivo [nestes casos o Responsável pelo Tratamento assume que a outra pessoa (candidato) já deu o seu prévio consentimento para tal comunicação];
  • Formulário de contacto no nosso Site (http://www.sectorinteractivo.pt/contactos);
  • Candidaturas espontâneas através de telefone e fax, website e redes sociais e e-mail da Sector Interactivo;
  • Websites de recrutamento e anúncios de emprego;
  • Ações externas de recrutamento.

DADOS DO COLABORADORES E FORMANDOS

A finalidade da recolha, armazenamento e tratamento de dados pessoais de colaboradores e formandos da Sector Interactivo é licito ao abrigo da execução do contrato de trabalho ou de formação assinado entre ambas as partes (Sector Interactivo – enquanto entidade empregadora/formadora – e colaborador/formando).

No âmbito desta finalidade, a Sector Interactivo recolhe uma seleção de dados pessoais, nomeadamente:

  • Nome
  • Morada
  • Número Telefone e/ou Número de Telemóvel
  • Endereço de e-mail
  • Nacionalidade
  • Género
  • Experiência profissional e académica,
  • Número de identificação fiscal,
  • Número de identificação,
  • Número de Segurança Social
  • Data de nascimento
  • Número de carta de condução
  • Experiência profissional
  • Situação profissional
  • Informações de localização geográfica, em quaisquer situações de viagem, trabalho ou residência
  • Eventos e ações “de” ou “com” uma pessoa (ex.: logins de acesso a computador)
  • Gastos, compras, aquisições, preferências e perfis
  • Físicas, fisiológicas e/ou genéticas (ex. dados biométricos - impressão digital e reconhecimento facial para acesso às instalações da Sector Interactivo; Fotografia para personalização da APP – Sector Interactivo)
  • Ficha de aptidão médica
  • Informações bancárias – número de identificação bancário ou IBAN

DADOS DE PARCEIROS, CLIENTES E FORNECEDORES

A finalidade da recolha, armazenamento e tratamento de dados de parceiros clientes e fornecedores da Sector Interactivo está associada à execução do contrato assinado entre as partes.

Enquanto Responsável pelo Tratamento, a Sector Interactivo recolhe e usa os dados pessoais recolhidos, para os seguintes fins:

  • Fornecer soluções de emprego e relacionar pessoas aos empregos;
  • Processar pagamentos;
  • Gerir as relações com clientes, parceiros e fornecedores;
  • Responder a perguntas e reclamações de indivíduos.

DADOS DE CLIENTES E POTENCIAIS CLIENTES DE OPERADORAS DE TELECOMUNICAÇÕES

A finalidade da recolha, armazenamento e tratamento de dados de potenciais clientes de operadoras de telecomunicações está associada à execução do contrato [ativação de serviço, faturação e cobrança, gestão de reclamações e avarias, gestão contabilística, fiscal e administrativa] e Interesse legítimo [melhoria da qualidade de serviço] dos titulares dos dados recolhidos presencialmente.

Enquanto Subcontratante, a Sector Interactivo recolhe e armazena e trata os seguintes dados pessoais:

  • Dados base
    • Identificação
    • Contactos
    • Morada
  • Dados da Relação Contratual
    • Dados de Serviço;
    • Dados de registo de contacto, informações e pedidos;
    • Dados de reclamações e avarias;
    • Dados de venda;
    • Comunicações do operador de telecomunicações ao cliente;
    • Contratos, acordos e outros documentos do titular dos dados;
    • Dados de pagamentos e de transações comerciais com a operadora de telecomunicações;
    • Documentos contabilísticos e fiscais;
    • Dados de risco e crédito.

TRATAMENTO E PROTEÇÃO DE INFORMAÇÕES PESSOAIS

O tratamento dos dados pessoais recolhidos - para os fins acima definidos e por um período de tempo específico – é realizado por meio automatizado através de uma ferramenta interna de gestão – APP Sector Interactivo.

Nos casos de dados de clientes e potenciais clientes de operadoras de telecomunicações, o tratamento seu é efetuado através da APP Sector Interactivo e das ferramentas disponibilizadas pelo operador de telecomunicações [Responsável pelo Tratamento destes dados pessoais]

O acesso a estas ferramentas é restrito por níveis para cumprir o principio da minimização de dados (Artigo 5º c do RGPD). Acresce ainda são mantidas normas administrativas, técnicas e físicas destinadas a proteger os dados pessoais que nos são fornecidos contra a destruição, perda, alteração, acesso, divulgação ou uso acidental, ilegal ou não autorizado.

A fim de garantir a segurança e a confidencialidade dos dados pessoais, são aplicadas as seguintes medidas de segurança informática:

  • Controlo de autenticação de utilizadores;
  • Forte infraestrutura de rede;
  • Soluções de monitorização de rede;
  • Encriptação na camada de acesso e utilização de dados;
  • Transmissão por túneis encriptados de todos os dados transmitidos (SSL);
  • Sistema seguro de autenticação e autorização (ACL);
  • Monitorização através de logs de interações efetuadas com o sistema;
  • Servidores localizados em infraestruturas seguras e certificadas (OVH);
  • Sistema de notificações e mitigações de tentativas de acesso não autorizadas.

TEMPO DE ARMAZENAMENTO DOS DADOS PESSOAIS

O armazenamento interno dos dados pessoais de colaboradores, formandos, candidatos, clientes, fornecedores e parceiros bem como de clientes e potenciais clientes de operadoras de telecomunicações é determinado por um período de tempo específico e determinado (“limitação da conservação”).

DADOS DE CANDIDATOS

O armazenamento de dados pessoais de candidatos a vagas de empresa da Sector Interactivo será mantido num período de dois anos. Após este período de tempo, todos os dados pessoais (em formato físico e digital) serão eliminados e destruídos.

DADOS DE COLABORADORES E FORMANDOS

O armazenamento de dados de colaboradores/ formandos será mantido durante a vigência do contrato e por cinco anos apos a cessação do mesmo. Após este período de tempo, todos os dados pessoais (em formato físico e digital) serão eliminados e destruídos.

DADOS DE PARCEIROS, CLIENTES, FORNECEDORES E POTENCIAIS

O armazenamento de dados de parceiros, clientes e fornecedores será mantido durante a vigência do contrato e por vinte anos apos a cessação do mesmo. Após este período de tempo, todos os dados pessoais (em formato físico e digital) serão eliminados e destruídos.

DADOS DE CLIENTES E POTENCIAIS CLIENTES DE OPERADORAS DE TELECOMUNICAÇÕES

O armazenamento de dados de clientes de operadores será mantido pelo prazo necessário à prestação de serviços aos mesmos. Após este período de tempo, todos os dados pessoais (em formato físico e digital) serão eliminados e destruídos.

DIREITOS DOS TITULARES DE DADOS

De acordo com o Art 15º a 22º do RGPD, os titulares dos dados poderão exercer, a qualquer momento, os seguintes direitos:

  • Direito de acesso à informação

O titular dos dados pode obter a confirmação de que os seus Dados Pessoais são ou não objeto de tratamento e em que condições. O titular dos dados tem o direito de receber do responsável que trata os dados, em formato digital de uso corrente e leitura automática, os Dados Pessoais que lhe tenham sido fornecidos bem como a respetiva informação acerca das finalidades do tratamento ou dos prazos de conservação desses dados.

  • Direito à retificação

O titular dos dados pode pedir a alteração dos seus dados pessoais, caso estes estejam incorretos ou incompletos.

  • Direito ao apagamento

O titular dos dados pode requerer o apagamento dos seus dados pessoais, desde que não se verifiquem imposições legais para a sua conservação.

  • Direito à restrição/limitação do tratamento

O titular dos dados pode pedir a limitação do tratamento dos seus dados pessoais, sob a forma de suspensão do tratamento ou limitação do âmbito do tratamento a certas categorias de dados ou finalidades de tratamento.

  • Direito à portabilidade

O titular dos dados tem o direito de solicitar a transmissão/portabilidade dos seus Dados Pessoais para outra entidade que passe a ser responsável pelo tratamento desses Dados.

  • Direito à oposição

O titular dos dados pode opor-se ou retirar o consentimento que deu anteriormente a um tratamento dos seus dados pessoais.

  • Direito a não ser sujeito a uma tomada de decisão individual automatizada

O titular dos dados pode pedir para não ficar sujeito a nenhuma decisão tomada exclusivamente com base no tratamento automático.

Pode exercer estes direitos por escrito, através do formulário disponível no nosso site.

ATUALIZAÇÕES À NOSSA POLÍTICA DE PRIVACIDADE

A Política de Privacidade de Dados da Sector Interactivo, incluindo quaisquer aditamentos a esta, poderá ser revista e alterada de acordo com as novas obrigações definidas pelo RGPD para refletir as alterações nas nossas práticas de privacidade. As atualizações a esta política estarão disponíveis no website da empresa.

CONTACTOS

Se tiver dúvidas ou sugestões relativamente à nossa Política de Privacidade, ou se quiser exercer qualquer um dos seus direitos, por favor contate-nos através do nosso Encarregado da Proteção de Dados pelos seguintes meios:

dpo@sectorinteractivo.pt

Centro Comercial La Vie

Rua de Fernandes Tomás 506-508, lojas 114 a 116

4000-211 Porto

Telefone: 220 142 366





Data da última atualização da política de privacidade: 28 de maio de 2018

Siga-nos nas redes sociais:

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
livro_de_reclamações_black.png

Sector Interactivo Media 2018